Perguntas frequentes

1) Posso trocar o brinquedo do meu filho com outro de uma criança de idade diferente ?

Sim, sem problemas. A ideia do site é que a troca seja feita de comum acordo entre as partes. É muito comum que pais com filhos de diferentes idades queiram trocar o brinquedo de um para presentear o outro. Isto fortalece a ideia do quintal e é muito positivo.


2) Eu consigo trocar o brinquedo da minha filha com um de um menino ou vice-versa ?

O quintal de trocas não acredita muito na diferença de gêneros entre os brinquedos, mas -independente desta opinião- cada pai, mãe ou responsável estabelece o que será trocado. Assim, se a troca fizer sentido para ambos, não há problema algum.


3) O que acontece se uma criança não aceitar a troca que estou propondo ?

O processo proposto pelo quintal de trocas passa por uma etapa muito importante que é a negociação entre os interessados. Pode acontecer que, durante esta etapa, uma criança não se interesse pelo brinquedo da outra, o que é absolutamente normal e sugerimos que esta situação seja tratada abertamente com a criança. Se a troca não for possível em um primeiro momento, continue acompanhando as comunicações do quintal que outra criança certamente se interessará.


4) Quem paga as despesas de da entrega (sedex ou algo do tipo) ?

O quintal de trocas recomenda que cada remetente seja responsável pela despesa de envio do seu brinquedo, mas podem acontecer trocas em que uma das partes queira custear todas as despesas. O importante é que as duas partes combinem como isto será feito da melhor forma e de comum acordo para ambas.


5) Eu serei cobrado por alguma taxa por utilizar o site ?

Não. O quintal de trocas é um site gratuito, um espaço para unir pessoas e viabilizar o consumo consciente. Nenhuma taxa é cobrada pelos seus participantes.


6) O site recebe algum dinheiro pela troca ?

Não. O site não participa do processo da troca e não recebe nada por isso, pelo contrário, a proposta é que este ambiente seja apenas um canal para unir as pessoas interessadas em um outro destino para os brinquedos dos seus filhos, uma outra forma de conviver com o consumo e a colaboração, cada usuário do site é livre para viabilizar a troca da maneira como desejar.


7) Posso trocar um brinquedo com algum defeito ou ele precisa estar em perfeito estado ?

Nós do quintal de trocas sabemos que um brinquedo em perfeito estado nas mãos de uma criança não é das coisas mais comuns de acontecer. Por isso, é importante que as partes sejam transparentes no processo, explicando o real estado do seu brinquedo, preferencialmente com fotos dos defeitinhos, para que todos sejam beneficiados do processo e não tenham sustos.


8) O que acontece se meu filho não gostar do brinquedo que ele recebeu na troca ?

É importante que o seu filho seja envolvido durante todo o processo, para saber exatamente qual o brinquedo que está sendo trocado e como ele é. Se isto for feito com clareza e durante todo o processo, a chance de desapontamentos diminui bastante. No entanto, se mesmo assim, o seu filho não gostar do que receber em troca, nada impede que o brinquedo seja recadastrado para uma nova troca.


9) É obrigatório escrever a cartinha para enviar o brinquedo ?

A cartinha não é obrigatória, mas é uma parte importante do processo, tanto para quem recebe, quanto para quem envia. Estimule seu filho a escrever algo, contar sua história para você escrever, ou até mesmo desenhar algo que expresse seu sentimento naquele momento.


10) O que acontece se eu enviar o meu brinquedo e não receber nada pelo correio conforme o combinado ?

Imprevistos acontecem, por isso, o quintal de trocas reforça que é importante que as partes tenham um relacionamento estreito durante o processo, seja através da comunicação por e-mail, seja através do telefone, facebook, etc. Se algo acontecer, procure entrar em contato com a outra parte envolvida para entender o motivo. Se, mesmo assim, a questão não for resolvida, envie um e-mail para contato@quintaldetrocas.com.br para entendermos a situação e melhorarmos o site a fim de evitar novos ocorridos.


11) Posso trocar meu brinquedo mais simples por um de maior valor ou vice-versa ?

Sim, e isto acontece com bastante frequencia. Só a criança sabe o verdadeiro valor de cada brinquedo. Quantas vezes você já não presenteou seu filho ou filha com algo de valor significativo e ele se interessou mais pela embalagem do presente ? Isto faz parte da infância e lembre-se, a criança deve ser a protagonista da troca.

Ainda possui dúvidas?

Preencha nosso formulário e envie sua mensagem!

Enviar mensagem
false